A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Poços de Caldas, identificou o suspeito de pelo menos três furtos ocorridos no laboratório do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG).

Durante as investigações, foi apurado que o autor se tratava de um aluno do instituto, de 42 anos de idade, que frequentava as aulas apenas aos finais de semana. A soma dos objetos furtados ultrapassa a quantia de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais). Após o primeiro furto, os funcionários do Instituto Federal instalaram uma câmera no local e conseguiram flagrar a ação do suspeito. Em seu interrogatório, ele confessou a autoria dos delitos.

Segundo o IFMG, a recuperação dos equipamentos causará impactos na rotina de mais de 700 alunos, que teriam as aulas prejudicadas em razão da subtração dos bens.

Dra. Juliane Emiko, responsável pelo caso. Foto: PCMG

Ainda de acordo com a Delegada Responsável pelo caso, Dra. Juliane Emiko Hissanaga Quaggio o criminoso já tinha seus objetivos de furto.

“Por ser um especialista na área, o autor sabia exatamente quais equipamentos levar, escolhendo os de maior valor. Parte dos objetos seria por ele utilizada, ainda, em uma obra realizada em sua residência. O suspeito foi liberado após o interrogatório, por não se encontrar em estado de flagrante, mas o inquérito será remetido nos próximos dias à Justiça, após o formal indiciamento do acusado”.

Texto e Fotos: Texto e Fotos Polícia Civil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here