Depois de dois meses parados os vendedores ambulantes de Poços de Caldas puderam voltar ao trabalho nesta segunda-feira (15). O senhor Messias Neto,78, pipoqueiro há 16 anos, disse que estava ansioso pelo retorno. “ Além da atividade ajudar na cabeça, já que ficar em casa não faz bem para ninguém, tem o complemento da renda que é fundamental.”

O senhor Messias é um dos 200 ambulantes que fizeram o treinamento de “Segurança Sanitária e Boas Práticas de Prevenção à Covid-19”, realizado pela secretaria de Desenvolvimento e Trabalho em conjunto à Vigilância Sanitária. Só quem fez o treinamento, foi certificado e  atendeu  à principal exigência de colocar uma pia na barraca ou carrinho para higienização das mãos, pôde voltar ao trabalho. “ Foi muito legal o empenho deles ao fazerem as pias. Não queríamos sobrecarregá-los com custo, justamente agora que todos estavam passando aperto. Montamos um grande grupo de whatsapp e eles foram compartilhando os projetos, que foram super criativos e bem-feitos “, declarou Thiago Mariano, secretário de Desenvolvimento e Trabalho.

O Sargento Azevedo e a Sargento Maria, que faziam ronda no centro da cidade se surpreenderam com a organização para a volta desses trabalhadores à rotina. “ A prefeitura está de parabéns pelo trabalho. Fizeram que pessoas simples possam trabalhar de maneira honrosa e de maneira higiênica. O certificado aumentou a autoestima deles.É bom saber que pessoas estão contribuindo para melhorar a vida de outras”, disse o sargento.

Sr. Messias e a Sargento Maria

A sargento Maria fez questão de tirar uma foto com o seu Messias. “ Eles estão felizes, se sentiram valorizados, uma ação simples que gerou uma satisfação tão grande e que nos emocionou.”

O doceiro Antônio dos Santos, conhecido como Limão, está há 18 anos na esquina da rua Prefeito Chagas , em frente as Thermas, e disse que a experiência foi boa para todos os ambulantes e para a cidade como um todo.  “ O curso foi bom para dar uma padronizada. A pia, tivemos que ter a criatividade, mas ficou muito boa, tudo veio para melhorar.” “Como Poços é uma cidade turística, outra coisa que os incentivamos foi a criação de uma associação para terem diretrizes de trabalho e organização. E vamos trabalhar na padronização das barracas posteriormente”, reiterou o secretário de Desenvolvimento e Trabalho, Thiago Mariano.

Vale lembrar que o feirante ou ambulante de alimentos manipulados que perdeu o treinamento ainda pode se inscrever pelo telefone: 3697-2060. Nesta sexta-feira (19) serão mais três turmas de 10 pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here