Pelo menos 10 pessoas seguem em monitoramento, quanto ao Covid-19 em Poços, inclusive com indicações de isolamento domiciliar. “Seguimos os protocolos do Ministério da Saúde e do CIEVS – Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do Estado de Minas Gerais. A cada caso suspeito, a equipe que acolhe este paciente na unidade de saúde, deve fazer contato imediato com o CIEVS, que atende 24 horas para dar este suporte e definir o procedimento a ser adotado. É preciso se enquadrar em critérios determinados para ser efetivamente considerado um caso suspeito. Nestas situações, a indicação é pela coleta de material para análise e isolamento domiciliar de 14 dias. Em outros casos, o isolamento domiciliar é indicado de forma preventiva, mas o material não é colhido para análise, quando são consideradas pessoas monitoradas mas ainda não se enquadram como suspeitas”, explicou Juliana Loro, coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

Medidas Preventivas

Cadastro para Programa de Castração Animal está entre os serviços temporariamente suspensos.

Em entrevista coletiva realizada no final da tarde da segunda, 16, a Secretaria Municipal de Saúde divulgou medidas, como: a suspensão de eventos públicos e oficiais de qualquer natureza; a suspensão das aulas nos Centros de Educação Infantil e nas Escolas da Rede Municipal; o fechamento de parques públicos e infantis, ginásios, museus, auditórios e do Balneário Dr. Mário Mourão, na Praça dos Macacos. Além disso, servidores públicos com mais de 60 anos de idade e que sejam portadores de doenças crônicas, estão liberados do trabalho até segunda ordem. Nesta terça, 17, o serviço de Saúde Bucal restringiu os atendimentos em urgência e emergência, suspendendo as consultas de rotina. Nas Unidades Básicas de Saúde, atividades preventivas e em grupo também estão suspensas, como forma de evitar aglomerações. As palestras do Programa Materno Infantil foram canceladas. O atendimento para cadastro no Programa Municipal de Castração Animal também foi suspenso até segunda ordem. O funcionamento do Velório Municipal foi fixado das 6h às 22h.

Antecipação Vacinação Contra a Influenza

O Ministério da Saúde antecipou o início da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, para o dia 23 de março, próxima segunda. Na primeira etapa da ação, serão imunizados trabalhadores de saúde e idosos. O objetivo é proteger primeiro os públicos mais vulneráveis contra quadros de doenças respiratórias mais comuns, que dependendo da gravidade podem levar a óbito. A priorização dos idosos nessa primeira etapa, mesmo diante da não eficácia da vacina de Influenza contra o Coronavírus, é uma forma de auxiliar os profissionais de saúde a descartarem as influenzas na triagem e acelerarem o diagnóstico para a Covid 19. Além disso, estudos e dados apontam que casos mais graves de infecção por Coronavírus têm sido registrados em pessoas acima de 60 anos. Na segunda etapa da Campanha, a partir de 9 de maio, quando também ocorre o Dia D, serão vacinadas as crianças de seis meses a menores de seis anos, pessoas com mais de 55 anos, gestantes, mães no pós-parto, população indígena e portadores de condições especiais. A campanha segue até o dia 23 de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here