Cleber da Silva Pereira, vulgo Ditão de 35 anos, foi o último preso envolvido com a quadrilha que comandava o tráfico de drogas no bairro Vila Nova em Poços de Caldas. Após um trabalho árduo desenvolvido pela inteligência da Polícia Civil local, por meio da operação Audacium, pelo menos R$5 milhões de reais em bens e dinheiro, foram bloqueados ou apreendidos.
Ditão foi preso na cidade de Limeira, interior de São Paulo, na casa de um parente. Sem resistir a prisão, ele é acusado de ser mais um dos chefes desta quadrilha que foi totalmente desmantelada pelas autoridades.

Segundo o delegado regional da PC Gustavo Henrique Manzoli, esta é a última prisão da operação, ela está portanto encerrada após todos os envolvidos terem sido interceptados.

O delegado responsável pela prisão de Cleber, Dr. Cleyson Brene, comentou que já há algum tempo a investigação estava sendo realizada com objetivo de efetuar esta última prisão; com ela agora será ainda contabilizado o total em bens que ultrapassará os R$5 milhões já citados, haja visto os valores em bancos pelo país, e também propriedades no nome dos criminosos.

Ditão foi apresentado, já com um advogado, mas não se manifestou na delegacia da Polícia Civil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here