Foi realizada nesta quinta-feira (5) a sessão de abertura do Processo de Concessão do Transporte Público do município de Poços de Caldas. A sessão foi aberta ao público e transmitida ao vivo pela página da prefeitura de Poços no facebook. “ O processo é transparente e a comissão segue o que está designado em lei”, ressaltou o advogado Sérgio Carlos Pereira, presidente da comissão de licitação.

Duas empresas se inscreveram no processo licitatório, a Auto Omnibus Floramar, de Belo Horizonte/MG e a Jundiá Transportadora Turística- LTDA, de Sorocaba/SP.

As duas empresas foram inabilitadas na fase de apresentação da documentação. Agora, as empresas têm o prazo de cinco dias para contestar a decisão da comissão de licitação ou oito dias para reapresentarem a documentação regularizada. “ O assunto é relevante, o edital é complexo e não podemos deixar de exigir o que descreve a lei. A comissão acreditava que ainda nesta quinta-feira, iríamos para a segunda fase, que é a abertura dos envelopes com o preço das tarifas, mas as empresas precisam antes estar regularizadas diante do edital”, explicou o presidente da comissão de licitação.

Caso elas não atendam a nenhum desses prazos a lei exige que seja feito um novo processo licitatório. O contrato emergencial com a atual empresa concessionária está vigente até maio deste ano

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here