Uma coletiva foi convocada para o começo da noite deste sábado no hospital da Unimed Poços de Caldas. Após a prefeitura ter confirmado mais um caso de Covid-19 em nosso município, a imprensa foi convocada para esclarecimentos e atualizações no Hospital Unimed Poços.

O Médico Infectologista Mário Krugner, ressaltou os cuidados que devem ser tomados e até a questão do crescente número de casos característicos no Pronto Atendimento.

“Muitas pessoas não estão levando a sério a situação do vírus em Poços de Caldas. Já estamos em transmissão comunitária em nossa cidade. E as próximas semanas poderão ser críticas na cidade.”

O Diretor do Pronto Atendimento, o Cardiologista Dr. Eduardo Januzzi, ressaltou que os casos têm tido predomínio ao grupo de risco. “Em geral, os casos mais característicos, realmente se confirmam na literatura do grupo de risco. Em geral são pessoas com mais de 60 anos. Atualmente, nós registramos em internações 6 casos, que já foram liberados para suas residências, outros 3 que seguem em observação além de 1 confirmado no hospital.”

Entre as questões sintomáticas, o Dr. Mário Krugner, aponta que existem outros sintomas sendo apresentados.

“Existem pacientes, que não apresentam febre, nem coriza, nem tosse, mas têm tido dor abdominal e diarréia. Durante essa semana constatamos esta “mudança” e agora também estamos acompanhando de perto pessoas com estes sintomas, que podem se caracterizar ao Covid-19. Como não temos testes rápidos, não há uma afirmação absoluta, mas em nosso exame clínico, casos com estas características têm crescido, e podem, assim como em outros países, serem sintomas do vírus.”

O Diretor Clínico, do Hospital, Dr. Bruno Leone, afirma ainda a necessidade da quarentena. “A orientação de todos os médicos é de que realmente seja mantida a quarentena em Poços de Caldas, para as próximas semanas, ininterruptamente.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here