O comitê gestor extraordinário de combate ao coronavírus de Poços de Caldas autorizou a reabertura das academias da cidade a partir de segunda-feira, dia 15 de junho. O projeto de flexibilização da sala de musculação da Caldense foi aprovado e os sócios do clube poderão realizar exercícios, porém uma série de regras devem ser seguidas.

Prezando pelos cuidados com a saúde, o comitê impôs diversas determinações e restrições, para prevenir a disseminação do vírus. A princípio, apenas a sala de musculação voltará a funcionar. No horário de segunda a sexta das 7 às 21 horas e aos sábados das 8 às 12 horas. Estão vedados o uso de equipamentos aeróbicos (como esteiras e bicicletas), aulas coletivas, treinamento funcional, natação, crossfit, lutas, corridas e caminhadas.

Os aparelhos de musculação foram realocados para o Ginásio Agostinho Loyolla Junqueira (ao lado das quadras de peteca), para respeitar o distanciamento mínimo de 2 metros entre os equipamentos e também pelo fato de a academia estar em obra de ampliação. A entrada será pelo Piano’s Bar, com acesso via corredor da biblioteca.

Os associados serão divididos em grupos, conforme ordem de chegada, com início nos horários redondos (exemplo: às 9h, 10h, 11h, etc). Poderão frequentar o local simultaneamente até 17 pessoas (limitado a 50% do número de aparelhos disponíveis, no caso 34), com o tempo máximo de permanência de 40 minutos. Após isso haverá um intervalo de 20 minutos, quando a equipe de limpeza irá higienizar os aparelhos para a turma seguinte. Os que estiverem aguardando a vez, deverão permanecer do lado de fora do clube, respeitando o distanciamento de pelo menos 2 metros.

Todos deverão seguir um procedimento padrão:
– É obrigatório o uso de máscara em tempo integral, higienização das mãos com álcool em gel na entrada/saída, uso toalha individual e higienização dos calçados em um tapete na entrada.- Não é permitido revezar aparelhos, use um aparelho por vez e higienize-o quando terminar o exercício.
– É vedada a permanência no clube após o término dos exercícios, bem como a entrada de acompanhantes.
– Não pode haver contato entre instrutores e alunos, nem para auxílio em alongamentos e exercícios.
– Não é permitido usar regatas e luvas. Pessoas com cabelo comprido devem prendê-los.
– Os bebedouros serão desativados, portanto recomenda-se o uso de garrafas d’água.
– Os guarda-volumes, sala de espera, vestiários e lanchonetes também serão desativados, será permitido apenas o uso de sanitários e lavatórios para higienização das mãos.
– Todos os associados que desejarem frequentar a musculação deverão preencher no primeiro dia de uso um formulário para controle de possíveis sintomas da COVID-19. Diariamente será feita medição de temperatura com termômetro infravermelho. Associados que apresentarem sinais de gripe ou febre terão o acesso barrado.

A Caldense havia solicitado a reabertura parcial de vários setores. Porém, neste momento, será flexibilizada apenas a sala de musculação da academia. De acordo com o Comitê COVID-19, a partir do dia 06 de julho haverá uma nova etapa de flexibilização e outros setores poderão voltar a funcionar.

“Há algumas semanas estamos nos mobilizando para readequar a academia às normas de saúde e está tudo pronto para receber os associados. Vale ressaltar o trabalho da diretoria durante o período em que o clube permaneceu fechado, melhorias foram e estão sendo feitas e o emprego de todos os funcionários foi mantido” – comentou o coordenador da academia, Leandro Pereira.

“Pedimos a compreensão e colaboração de todos. Estamos seguindo as recomendações dos órgãos competentes com a intenção de prezar pela saúde dos associados. Nos primeiros dias será um processo de adaptação, mas solicitamos que façam o uso dos aparelhos de forma consciente, respeitando as regras. Para que a disseminação do vírus seja contida e tudo possa voltar ao normal o mais rápido possível” – disse o coordenador de atividades físicas, Carlos Eduardo de Campos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here