Uma grande ação será realizada em Poços de Caldas, de acolhimento de duas famílias refugiadas venezuelanas em nossa cidade. É na verdade uma ação conjunta entre todas as paróquias de Poços de Caldas.

As famílias estão em Rondônia há 1 ano. O exército brasileiro tem as acompanhado, e agora elas serão trazidas para o Sul de Minas Gerais.

Neste momento, estão sendo pesquisadas casas a serem alugadas para as famílias se abrigarem e a ideia é que fiquem em definitivo na cidade, inclusive com seu próprio sustento por meio de empregos.

O Padre Francisco Carlos, Pároco da basílica Nossa Senhora da Saúde, comentou a iniciativa que é acima de tudo, um desafio. “Através de um padre da diocese da Campanha fomos interpelados a acolher algumas famílias. De início nos prontificamos em acolher duas, e nesse grande desafio contamos com muita ajuda e doações.”

Pe. Francisco Carlos ressalta a importância desse desafio para toda a Diocese. Foto: Divulgação Internet

Há de se ressaltar que TODAS as paróquias de Poços estão envolvidas e aliás as secretarias das igrejas católicas de uma maneira geral, são pontos de coleta de doações e informações.

Até o momento móveis já foram doados para que as casas sejam posteriormente mobiliadas.

AS FAMÍLIAS

A primeira família é composta por sete pessoas, sendo elas: Lolimar, 47 anos; Cleiber e Cleimar ambos, 21 anos de idade; Gilbellys, 15; Gilbezi, 8 anos; José, 5 e ainda um bebê, Daniellis 1 aninho.

A segunda família a ser acolhida têm seis integrantes:
Antônio, 46 anos; Sandra, 33; Ysmaris, 44; Ricardo, 19; Samuel, 14 anos e o caçula Gabriel com 12 anos de idade.

Uma reunião deve ser realizada na manhã desta quarta-feira com representantes de paróquias de Poços de Caldas e inclusive com a presença do Bispo da Diocese de Guaxupé, responsável pelo setor poçoscaldense, Dom José Lanza.

Muitas doações estão chegando por parte dos católicos e também pessoas de outras religiões e de boa vontade. Muitas cestas básicas e móveis para as casas estão quase completos. Entre as necessidades a organização está precisando de uma geladeira, 2 botijões de gás, roupa de cama e banho, fraldas e material de limpeza

Entre em contato para doações: 3721 2357 e 3714 5237, secretaria da Basílica, das 8h às 17h45, de segunda a sexta-feira

As famílias chegarão no próximo dia 20 de Julho entre 4h e 6h na cidade.

CRISE NA VENEZUELA

A crise na Venezuela foi algo que se iniciou por volta de 2013 e, desde então, arrasta-se nesse país sul-americano. Trata-se de uma crise econômica, uma vez que a economia do país está destruída, mas também política, uma vez que a disputa pelo poder e o autoritarismo de Nicolas Maduro levaram a isso.

Nicolas Maduro, presidente venezuelano.

Atualmente, ainda, a Venezuela encara uma grave crise humanitária, pois parte considerável de sua população sofre com a falta de alimentos, o que a força a ter que se refugiar em países vizinhos. Além desse último caráter crítico, a Venezuela vive sob a ameaça de sofrer uma intervenção militar direta dos Estados Unidos.
(Fonte: https://www.mundoeducacao.bol.uol.com.br/amp/historia-america/crise-na-venezuela.htm)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here