A Prefeitura, por meio da Secretaria de Defesa Social, inicia, na próxima segunda, 27, a colocação de selos nos veículos para melhor identificação nas barreiras sanitárias instaladas nas entradas da cidade. Serão três tipos de selos. O de cor verde, que caracteriza o veículo de pessoas que moram em Poços, mas possuem veículo com placa de fora ou placa do Mercosul; o de cor amarela, para pessoas que moram fora de Poços e com placas de fora, mas que trabalham em Poços e precisam acessar a cidade todos os dias; e o selo de cor vermelha, que autoriza o veículo a uma permanência de 1 a 2 dias na cidade e é destinado a pessoas que necessitam de períodos temporários na cidade, como no caso de realização de consultas ou a trabalho (representantes comerciais ou prestadores de serviço).

“Os selos vão facilitar o serviço dos guardas e agentes de fiscalização que realizam o trabalho nas barreiras e também para o cidadão, que não vai precisar ser barrado todas as vezes, pelo fato de ter o carro com placa de outra cidade e se enquadra nas normas”, informa o secretário de Defesa Social, Rafael Tadeu Conde Maria.

A instalação dos selos começou experimentalmente na manhã de sexta, mas acontece oficialmente a partir de segunda, na antiga estação Fepasa (Mogiana), na sede da Guarda Municipal, no horário de 8h às 11:30h e de 13:30h às 17h. Os selos também poderão ser colocados nas barreiras instaladas nas entradas da cidade: no Bortolan, na Saturnino e próximo ao Ceasa.

Para receber o selo, o condutor do veículo com placa de fora, precisa apresentar documentação que comprove residência ou trabalho em Poços (para os selos verde e amarelo). Também é necessário a apresentação de CNH e CRLV. Para o selo vermelho, o condutor também precisa da comprovação de atividade temporária na cidade.

A Prefeitura irá publicar um decreto normatizando a utilização dos selos. Após a publicação, a fiscalização terá um período educativo de 15 dias. Depois disso, poderá aplicar multa aos veículos com placas de fora da cidade que não possuam o selo. Cada selo tem uma numeração única, para evitar duplicidade. A medida ainda não contempla turistas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here