O PROCON Municipal visitou, nos últimos dias, dezenas de estabelecimentos comerciais, com a finalidade de averiguar preços de álcool em gel, máscaras e produtos da alimentação básica.

Foram solicitados aos estabelecimentos a apresentação de notas de compra e de venda de produtos, a fim de apurar eventual abuso nos aumentos dos preços.

O órgão ressalta que os estabelecimentos podem repassar aos consumidores, um eventual aumento originário de fabricantes ou distribuidores, sendo proibido exclusivamente o aumento injustificado.

O Procon Municipal não fiscaliza postos de combustíveis, cabendo exclusivamente à ANP e Procon Estadual (3714-8020 | Prédio Manhatan, 6° andar) a averiguação de denúncias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here